Uncategorized

 

Tibagi registra o primeiro caso de quadrigêmeos no município. A pedagoga Tafiny Carnerio dará à luz a duas meninas e dois meninos, a previsão é que o nascimento ocorra no final do mês de julho.

Tafiny tem uma irmã gêmea, mas conta que não fez nenhum tipo de tratamento para engravidar da Laura, Alice, Vicente e Benício, em sua segunda gestação.

No primeiro exame de ultrassom que foi realizado em janeiro foram confirmados 3 bebês, apenas no segundo exame é que o quarto feto foi descoberto. A mamãe conta que foi uma surpresa muito grande e no começo foi um misto de preocupação e alegria.

 

Ciente da situação de Tafiny, a Prefeitura de Tibagi sempre apoiou no que pode para ajudar a nova mamãe. “Disponibilizamos um carro da Secretaria de Saúde para levá-la a todos os exames e ao pré-natal”, afirma a Chefe de Gabinete Kelly Oliveira. Ela disse ainda que a Provopar da cidade contribuiu com uma campanha de arrecadação de fraldas.

“Além disso, vamos procurar empresários do município para que façam doações de móveis, fraldas, carrinhos, entre outros itens essenciais para que a Tafiny tenha a estrutura necessária para cuidar desses quatro filhos”, completa Kelly.

. “Do meu primeiro filho, o Miguel, eu fiz um acompanhamento para ajudar na gravidez mas foi a seis anos atrás”, afirma.

A mamãe fez um cálculo e espera gastar cerca de 1200 fraldas por mês com as crianças e disse que isso preocupa um pouco, mas que tem recebido muitas doações e ajuda principalmente de quem o casal não conhece. “O povo de Tibagi é muito solidário, então sempre estão doando e nos ajudando muito”, completa Tafiny.

Comentários
Posts relacionados
PolíticaPonta GrossaSaúdeUncategorized

Prefeita avalia as mortes por Covid-19 e minimiza problemas com a UPA

Elizabeth falou ainda da falta de profissionais na saúde e o motivo da não abertura de novos leitos de UTI Comentários Compartilhe isso:TwitterFacebook
Uncategorized

URGENTE: Cadáver é encontrado no Los Angeles em PG

URGENTE Comentários Compartilhe isso:TwitterFacebook
Uncategorized

Júri de acusado de matar professora a facadas em Ponta Grossa é adiado

Marcelo Ávila é réu pela morte Luciane Ávila, em dezembro de 2019. Julgamento estava marcado para esta terça-feira (15), mas foi adiado… Compartilhe isso:TwitterFacebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat online
1
Olá. Posso ajudar?
tudo bem ?
Fique a vontade para mandar mensagem :)
faça parte do nosso grupo do Whatsapp