Brasil Vitrine

Advogado é indiciado por decapitar 5 cachorros para ameaçar madrasta

10/11/2021 | 16:08 Por Nara Souza Modificado em 10, novembro, 2021 4:08

A Polícia Civil de Goiás indiciou, nesta terça-feira (9), um advogado, de 30 anos, por decapitar cinco cachorros numa área rural do município de Formosa, em março deste ano.

De acordo com as investigações, o homem teria cometido o crime para ameaçar a madrasta, por conta de uma disputa por bens deixados pelo pai, que havia morrido recentemente.

O homem sabia que os animais eram muito queridos pela dona e, por isso, teria ido à fazenda onde ela vivia com seu pai, onde os bichinhos ainda estavam, os roubou, cortou as cabeças dos cinco — uma fêmea e seus cinco filhotes.

Durante as investigações, o advogado, que vive em Curitiba, chegou a ser ouvido algumas vezes em Formosa. No entanto, gravações começaram a circular, onde ele admitia ter cometido o crime.

Ainda durante a apuração do caso, a polícia afirma, também, que consta um boletim de ocorrência, onde a madrasta denuncia que o advogado teria entrado em sua casa e levado itens que, na concepção dele, pertenciam o pai morto.

Segundo o delegado que investiga o caso, o homem alegou que entrou no imóvel para resgatar bens do pai dos quais a mulher teria tomado posse. O suspeito agora será indiciado por maus-tratos a cachorros com resultado de morte e furto qualificado.

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!