Ponta Grossa

Aeroporto Sant’Ana registra 20% de aumento nos voos comerciais

09/12/2020 | 23:23 Por Notícias Mz Modificado em 09, dezembro, 2020 11:23

Processo licitatório para os R$35 já está em andamento

O Aeroporto Comandante Antônio Amilton Beraldo, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQP), divulgou nesta semana o balanço do aeródromo no mês de novembro. No período, foram registrados 3.112 embarques e desembarques de passageiros e 2.026 pousos e decolagens de aeronaves.

Os voos regulares comerciais, um dos principais atrativos do Aeroporto Sant’Ana, como popularmente é conhecido o aeródromo, apresentaram crescimento de 20% no comparativo com o mês anterior. O saldo positivo é resultado da abertura da linha aérea entre Ponta Grossa e Foz do Iguaçu, no final de outubro, que se soma aos voos diretos para São Paulo, que após seis meses retornaram.

A expectativa é que os números continuem crescendo e ultrapassem os índices registrados antes do período de pandemia da Covid-19. De acordo com o superintendente do Aeroporto Sant’Ana, Victor Oliveira, um dos motivos é a projeção para que os voos com destino à Campinas, iniciados em 2016 e interrompidos desde março, retornem ainda no primeiro trimestre de 2021.

A aviação no Aeroclube de Ponta Grossa também permanece com destaque. Entre os meses de outubro e novembro deste ano, foi registrado um aumento de 53% no número de pousos e decolagens de aeronaves na modalidade, elevado principalmente pela oferta dos cursos de piloto privado, comercial, agrícola e de instrutor de voo no local.

Processo licitatório para os R$35 já está em andamento

Em novembro deste ano, a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa recebeu a autorização da Secretaria Nacional de Aviação Civil para realizar o processo licitatório para a execução de obras estruturais no aeroporto Sant’Ana. Com o aceite do projeto apresentado pela Prefeitura, os serviços de infraestrutura no aeroporto serão realizados com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil, por meio do Programa de Investimentos na Aviação Regional (Pinar). O valor orçado para as obras é de R$35,2 milhões.

Os responsáveis trabalham agora na tramitação interna para abertura do processo licitatório. De acordo com o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Loureiro, as obras serão fundamentais para a ampliação do aeródromo e que vão ofertar maiores condições para o recebimento de novas linhas aéreas. A estimativa do projeto é de que os serviços sejam finalizados até o fim do primeiro semestre de 2023.

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


blank

Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!