BrasilDestaquesEconomiaGeral

Banco Central deve dar início ao ciclo de alta do juro básico nesta quarta

Foto: Reprodução

 

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reunirá nesta quarta-feira (17) e deve iniciar o processo de elevação dos juros básicos da economia. A decisão será anunciada após as 18:00. As expectativas da maioria dos economistas do mercado financeiro, em estudo realizado pela CE na semana passada, consideram um aumento de 0,5 ponto percentual, para 2,5% ao ano. No entanto, alguns analistas preveem um crescimento maior, de até 2,75% ao ano. Se confirmada, será a primeira alta da taxa Selic desde meados de 2015. As projeções de mercado preveem nova alta da taxa até 2020 em 4,5% aa e 2021 em 5,5% aa. Segundo economistas, o início do processo de alta das taxas de juros está associado a fortes aumentos da inflação de alimentos, combustíveis e dólar, além de tensões políticas, baixas taxas de vacinação e dificuldades de conter o aumento dos gastos públicos.

Em comunicado, o economista-chefe do Itaú, Mario Mesquita, estimou um aumento de 0,5 ponto percentual no juro básico, para 2,5% ao ano.

“Tal ritmo de alta se justifica diante do aumento recente das incertezas globais e fiscais [relacionadas contas contas públicas], em um contexto de inflação ainda bastante pressionada no curto prazo, especialmente em razão do aumento de preços de ‘commodities’ sem correspondente apreciação cambial e da aceleração da inflação de bens em um cenário de maior utilização da capacidade da indústria, que contribui para maior repasse da alta de preços de insumos”, avaliou.

Como a decisão é tomada

O Copom estabelece uma taxa básica de juros com base no regime de metas para a inflação com vistas ao futuro, uma vez que as decisões levam de seis a nove meses para ter impacto total na economia. Neste ano, a principal meta é 3,75%, mas o IPCA pode ir de 2,25% a 5,25% sem ultrapassar formalmente a meta. Para 2022, a meta central é de 3,5% e será oficialmente atingida se o índice variar de 2% a 5%. Em 2020, pressionado pelos preços dos alimentos, o IPCA ficou em 4,52%, acima do centro da meta anual de 4%, mas dentro da tolerância. Foi a maior inflação anual desde 2016. Na semana passada, o mercado estimou a inflação em 4,6% para 2021, acima do centro da meta e próxima ao limite superior do sistema de metas, e em 3,5% para 2022.

Consequências 

Segundo economistas, um aumento da taxa básica de juros da economia, se confirmado, fará subir as taxas bancárias, com impacto mais forte no crédito imobiliário. Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor executivo da Associação Nacional dos Diretores Financeiros, Administrativos e Contábeis (Anefac), estimou que um aumento de um ponto percentual no percentual do proprietário equivale a uma diferença de 10% no valor final pago pelos consumidores. Veja o impacto das altas taxas de juros na economia O aumento da taxa de juros também afeta negativamente o consumo da população e o investimento produtivo e, portanto, afeta o emprego e a renda, e gera um aumento no custo dos juros da dívida pública.

Gabriel Leal de Barros, sócio e economista-chefe da RPS Capital, estimou que uma eventual elevação da taxa Selic de 2% para 4,5% ao ano, prevista por analistas de mercado, geraria um custo adicional de cerca de R $ 80 bilhões com juros dívida (se mantida por mais de 12 meses). Esse montante ultrapassaria o limite de R $ 44 bilhões permitido para o desembolso de ajudas emergenciais em 2021, que consta de uma PEC emergencial aprovada pelo Congresso. O custo dos juros, embora “financeiro”, também tem impacto sobre a dívida do governo – que é quase 90% alta nos países emergentes.

Por fim, os investimentos financeiros de renda fixa, como contas de poupança, tendem a render um pouco mais. Por exemplo, a uma taxa básica de 2,5% aa mais a taxa referencial (TR), a economia passará a render 1,75% aa versus 1,4% aa mais TR (a 2% aa Selic). Essa melhoria ocorrerá, entre outras nos investimentos em títulos públicos vendidos por meio do Tesouro Direto, bem como em títulos hipotecários (LCI) e letras de crédito do agronegócio (LCA). O imposto de renda incide sobre investimentos no Tesouro Direto, mas não sobre LCI e LCA.

No entanto, analistas recomendam cautela para que os rendimentos não caiam abaixo da inflação. “Como a inflação está alta, quem usa um CDI 100% [próximo à Selic] está perdendo dinheiro”, disse Deibert Fernandes De Aguiar, coordenador de assessoria de investimentos da Terra Investimentos. Uma alternativa para os investidores obterem um maior retorno é a renda variável, ou seja, o mercado de ações. Nesse caso, porém, os riscos assumidos são maiores, pois pode haver perda de recursos. Ouro, prata e outras moedas também chamaram a atenção dos investidores.

Comentários
Posts relacionados
DestaquesPolíticaPonta Grossa

Audiência de amanhã define rumo do transporte coletivo em PG

  A Viação Campos Gerais comunicou o Tribunal Regional do Trabalho que o Sintropas, sindicato que representa a categoria de trabalhadores da… Compartilhe isso:TwitterFacebook
DestaquesEducaçãoPonta Grossa

PG define data para volta às aulas presenciais na rede municipal

Dando sequência ao plano de retorno gradativo às atividades presenciais em Ponta Grossa, os alunos cujas famílias optaram pelo sistema híbrido de… Compartilhe isso:TwitterFacebook
CoronaDestaquesPonta Grossa

PG atinge a marca dos 36 mil infectados e registra 200 novos casos de Covid-19

Ponta Grossa registra 200* novos casos de Covid na cidade. No total são 36.024 total de casos confirmados segundo a Fundação Municipal… Compartilhe isso:TwitterFacebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat online
1
Olá. Posso ajudar?
tudo bem ?
Fique a vontade para mandar mensagem :)
faça parte do nosso grupo do Whatsapp