Esporte

Copa do Brasil: Operário reclama da arbitragem na eliminação em Joinville

Coritiba 3 x 2 Operário (Fotos: André Jonsson/OFEC)

 

Além de não conseguir a passagem inédita para a 3ª fase da competição, o Operário Ferroviário ainda deixou de faturar R$ 1,7 milhão. Durante a entrevista coletiva do técnico do Operário Ferroviário, Matheus Costa, foi realizada em clima de revolta. O treinador culpou diretamente a arbitragem pela eliminação na Copa do Brasil.

Em entrevista coletiva online, o técnico Matheus Costa falou sobre o desempenho da equipe e o resultado. “Primeiro, tenho que enaltecer esse grupo pela partida. A gente fica muito chateado por mais uma vez o resultado ter uma influência direta da arbitragem. Foram muitas disputas, ganhamos a grande maioria e as que eles ganharam foram muito felizes. Primeiro, em um gol que não ocorreu e, segundo, em um cabeceio que eles conquistaram ali na entrada da grande área nos minutos finais. Foi um jogo franco, de duas equipes que procuraram vencer e, com a decisão da arbitragem, mais uma vez nós fomos prejudicados”.

Matheus Costa enfatizou que a a arbitragem teve participação direta no resultado “Nossa vontade é ir embora e fazer luto por mais uma vez a arbitragem ter contribuição direta no resultado. É de ficar revoltado”, declarou. “Foi mais um resultado com ligação direta com a arbitragem”, repetiu. “O bandeira estava muito mal posicionado no lance, confirmando um gol que não ocorreu”, desabafou. “A arbitragem colocou o Coritiba na próxima fase”, disse.

O Operário aguarda que a Federação Paranaense Futebol, possa homologar a a partida “Athletico x Operário” para este fim de semana. O jogo será em Curitiba. No entanto depende da liberação do governo para que isso ocorra.

Ficha do Jogo: Coritiba 3×2 Operário
Copa do Brasil – 2ª fase
Arena Joinville – 06/04/21 – 19h

Coritiba: Wilson, Natanael (Igor), Wellington Carvalho, Luciano Castán, Romário, Willian Farias, Valdemir, Rafinha (Robinho), Igor Paixão (Luiz Henrique), Waguininho (Cerutti) e Léo Gamalho. Téc: Gustavo Morínigo
Banco: Arthur, Thalisson, Nathan Ribeiro, Matheus Sales, Matheus Bueno, Guilherme Biro, Valdeci e Pablo Thomaz.

Operário: Simão, Alex Silva (Fábio Alemão), Rafael Bonfim, Léo Rigo, Silva (Leandrinho), Leandro Vilela, Marcelo (Schumacher), Jean Carlo (Fabiano), Felipe Garcia (Tomas Bastos), Rafael Oller e Ricardo Bueno. Téc: Matheus Costa
Banco: Thiago Braga, Lucas Mendes, Odivan, Douglas Santos, Rafael Chorão, Alemão e Zémarcio.

Gols: 1T 27’ Jean Carlo e 2T 30’ Tomas Bastos (Operário); 1T 30′ e 2T 25′ Léo Gamalho e 2T 45′ Luiz Henrique (Coritiba).

Árbitro: Andrey da Silva E Silva
Árbitro Assistente 1: Marcio Gleidson Correia Dias
Árbitro Assistente 2: Luis Diego Nascimento Lopes
Quarto Árbitro: Leonardo Ferreira Lima

Com Assessoria de Imprensa Operário Ferroviário

Comentários
Posts relacionados
Esporte

Espanhol: Real Madrid vence o Superclássico contra o Barça e encosta na liderança

O Real Madrid venceu o Superclássico contra o Barcelona por 2 a 1, neste sábado (10), no estádio Alfredo di Stéfano, em… Compartilhe isso:TwitterFacebook
Esporte

Supercopa: Flamengo x Palmeiras marca retorno do spray a arbitragem brasileira

A Supercopa 2021 terá uma novidade para a arbitragem do futebol brasileiro. Comentários Compartilhe isso:TwitterFacebook
Esporte

Paulista 2021: Corinthians quita salários atrasados com elenco e funcionários

O elenco do Corinthians ganhou motivação a mais para o retorno do Campeonato Paulista. Isso porque o diretor financeiro, Wesley Melo, confirmou em uma… Compartilhe isso:TwitterFacebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat online
1
Olá. Posso ajudar?
tudo bem ?
Fique a vontade para mandar mensagem :)
faça parte do nosso grupo do Whatsapp