Geral

Covid- 19: Pandemia pode impactar abstenções em Ponta Grossa

14/11/2020 | 08:50 Por Notícias Mz Modificado em 14, novembro, 2020 8:50

Na última eleição municipal em Ponta Grossa Tribunal Eleitoral contabilizou 9.3% de abstenções no primeiro turno. No segundo, o percentual subiu para 12.13%. Supõe-se que a pandemia do coronavírus impacte de forma intensa o afastamento dos eleitores das urnas este ano, marcada para domingo, 15. O fato foi verificado em todo o mundo e tende se repetir nas eleições municipais brasileiras segundo cientistas políticos consultados pela BBC News Brasil.

Monitoramento do Instituto Internacional pela Democracia e Assistência Eleitoral (Idea, na sigla em inglês), mostra que, de 41 eleições realizadas neste ano em diferentes países, 26 (63% do total) registraram aumento na abstenção na comparação com pleitos anteriores. Na França, onde o voto não é obrigatório, apenas quatro em cada dez eleitores compareceram às urnas para votar nas eleições municipais de junho, levando ao recorde de 60% de abstenção (12 pontos percentuais a mais do que o observado no pleito municipal anterior, em 2014).

Como o voto é obrigatório no Brasil, cientistas políticos não preveem um patamar tão alto de abstenção por aqui. Acreditam, porém, que deve haver aumento na comparação com a disputa eleitoral de 2016, quando mais de 25 milhões de eleitores não compareceram às urnas no primeiro turno (17,6% do total de brasileiros aptos a votar) — o que pode impactar resultados nas disputas mais apertadas. Naquele ano, houve a terceira alta seguida de abstenção nas eleições municipais, fenômeno que indica um aumento do “desalento” dos eleitores, ou seja, uma menor confiança na política e no valor do seu voto, afirmam estudiosos.

(Com informações BBC News)

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!