Brasil

Deputada Aline Sleutjes critica manobra de esquerda para “emperrar” projetos do Governo

04/12/2020 | 19:30 Por Notícias Mz Modificado em 04, dezembro, 2020 7:30
Parlamentar afirma que oposição tem feito “de tudo” para criar obstáculos
A deputada federal Aline Sleutjes (PSL/PR), que representa a Região dos Campos Gerais, esteve nesta sexta-feira, 4, em visita à redação do MZNOTICIA. Na oportunidade foi recepcionada pelo vereador Ricardo Zampieri, um dos diretores e apresentador da Rádio MZ.
No diálogo mantido com Zampieri, a deputada levantou questões como o grande embate contra as manobras dos políticos de esquerda em emperrar votações de projetos que visam o bem-estar da população.  “Passamos mais de horas para votar a MP da “Casa Verde Amarela” porque a oposição fez de tudo para por obstáculos. Citaram até o nome do programa. O nome é irrelevante. O importante é a realização do sonho da casa própria daquele que não tem moradia. Não somente isso. Há geração de emprego, movimentação no comércio de materiais de construção. Tem uma amplitude que somente trará benefícios à população e ao país, já que obtivemos a sua aprovação”, enfatizou.
A deputada se mostrou decepcionada com posicionamentos do presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia (DEM).  Para Aline Sleutjes, Maia não poderá nem mesmo cogitar em se reeleger à presidência da Mesa. Entende que seja quais forem os candidatos, haverá uma disputa acirrada, voto a voto. “Haverá um confronto difícil, mas há nomes que apoiam o Governo que podem vencer. Queremos alguém com forte elo com o Executivo, para que haja mais agilidade nos trâmites dos trabalhos que visam a recuperação do Brasil nesse período difícil de pandemia.
Com relação a pandemia, a deputada exalta o procedimento da ação do Executivo. “O presidente está agindo como parceiro do povo. Apresentou o auxílo emergencial, que era para três meses, avançou para cinco e hoje ainda permanece. Há um posicionamento para que dê-se prosseguimento a ele com os mesmo valor inicial (R$ 600,00), mas não vejo possibilidades. Não é má vontade do governo, é falta de caixa. Má vontade tem a esquerda, que só quer prejudicar o povo brasileiro”, comentou.
O mesmo pensamento diz quanto ao décimo terceiro que foi pago ano passado para os beneficiários do bolsa família. “Não há condições. Estamos em um ano atípico, em que as circunstâncias são bem diferentes. Não há como repetir o  que se fez no ano anterior”.
Luís Carlos Pimentel- Portal Mz Notícia

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!