Notícia

Eliminatórias: Brasil enfrenta Uruguai buscando feito histórico

17/11/2020 | 10:23 Por Notícias Mz Modificado em 17, novembro, 2020 10:23

Brasil e Uruguai escrevem, nesta terça-feira (17), mais um capítulo de uma rivalidade histórica. No Estádio Centenário, em Montevidéu, às 20h, as duas equipes se enfrentam em jogo válido pela quarta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. O duelo ainda marca o fim de 2020 para a Seleção, um ano atípico, com apenas quatro jogos disputados.

Atual líder das Eliminatórias, a Seleção Brasileira entra em campo para manter o 100% de aproveitamento das três primeiras rodadas e, de quebra, igualar uma marca de mais de 50 anos. Em caso de nova vitória nesta terça-feira, o Brasil chegará ao seu melhor início nas Eliminatórias desde 1969, quando conquistou a vaga para a Copa do Mundo do México.

Em entrevista, o técnico Tite previu um duelo complicado diante da Celeste no Centenário.

“Esse jogo tem características diferentes. Jogar contra a Venezuela em casa, tem uma proposta do adversário. O Uruguai jogando dentro da sua casa é uma outra proposta. Nós vamos ser mais exigidos defensivamente do que fomos contra a Venezuela. Paralelamente a isso nós vamos ter mais espaços para criações ofensivas. É um jogo que se caracteriza com estratégias, formas e ideias de futebol diferente de um jogo para o jogo. Essa é a preparação que a gente procurou fazer”, analisou.

Antes do duelo com o Brasil, o Uruguai afastou três jogadores de seu elenco por testarem positivo nos exames mais recentes de covid-19. Desta forma, a Celeste não poderá contar com o lateral Matías Viña, com o goleiro Rodrigo Muñoz e com o atacante Luís Suárez.

A Seleção Brasileira, por outro lado, chega para o confronto após alguns desfalques da lista original do técnico Tite. Dos 23 convocados inicialmente pelo treinador, sete não estão com a Seleção Brasileira (Gabriel Menino, Militão, Rodrigo Caio, Casemiro, Fabinho, Philippe Coutinho e Neymar), além de Pedro, que foi chamado depois e teve de deixar o grupo. Isso não significa, porém, que a Seleção não tenha ainda um grupo forte e disposto a buscar a vitória no Centenário. Para recompor a Seleção Brasileira, Tite chamou: Diego Carlos, Felipe, Allan, Lucas Paquetá, Arthur, o próprio Pedro, Guilherme Arana e Thiago Galhardo.

A última vez que o Brasil perdeu para a Celeste Olímpica foi em 2001, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. De lá para cá, foram 11 jogos, com oito vitórias brasileiras e três empates.

No retrospecto geral, a Seleção Brasileira também leva vantagem. Ao todo, foram 76 embates entre Brasil e Uruguai, com 36 triunfos canarinhos, 20 empates e 20 derrotas. O Brasil marcou 136 gols, contra 97 dos uruguaios.

Ficha do Jogo: Brasil x Uruguai

Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022 – Local: Estádio Centenário, Montevidéu (Uruguai) – Data: 17/11 (terça-feira) – Horário: 20h (de Brasília)

Uruguai: Campaña; Cáceres, Giménez, Godín e Oliveros; Bentancur, Torreira, De La Cruz e Nández; Darwin Núñez e Cavani.

Brasil: Ederson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Allan (Arthur), Douglas Luiz e Everton Ribeiro; Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Richarlison

Árbitro: Roberto Tobar (Chile)

Auxiliares: Christian Schiemann (Chile) e Claudio Rios (Chile)

Quarto árbitro: Eduardo Gamboa (Chile)

VAR: Cristian Garay (Chile) e Angelo Hermosilla (Chile)

Com CBF

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!