Geral Notícia Política Ponta Grossa Vitrine

Elizabeth faz a câmara decidir candidatura do seu vice Saulo

30/07/2022 | 18:28 Por Fabiano Blageski Modificado em 30, julho, 2022 6:28

Manobra de Elizabeth para barrar candidatura de Saulo expõe influência dos ‘manos’ no governo

Depois de aprovarem as férias da prefeita Elizabeth Schmidt (PSD), os vereadores irão votar, na segunda-feira (1), um pedido de licença não remunerada do vice-prefeito Capitão Saulo (Republicanos). A licença do vice é mais um episódio da novela mexicana que se passa no Palácio da Ronda.

Não é novidade que a crise entre Saulo e o grupo político que controla a Prefeitura de Ponta Grossa tem se agravado nos últimos meses. A gota d’água foi a pré-candidatura dele a deputado federal, que o colocou na reta de Sandro Alex (PSD). Apesar de não ser uma máquina de votos e não ameaçar a reeleição de Sandro, a possível candidatura do vice-prefeito foi recebida como uma afronta ao grupo dos Oliveiras, que tenta deixar claro quem manda na cidade.

Não é à toa que Elizabeth decidiu pegar 17 dias de férias no próximo mês. Se fossem até 15 dias, ninguém precisaria assumir o cargo. Mas, com o período esticado, cabe ao vice comandar a Prefeitura até o retorno da prefeita. A manobra tenta obrigar Saulo a assumir o Executivo e, com isso, barrar sua candidatura a federal. Pela legislação eleitoral, os vices só podem concorrer se não tiverem substituído os prefeitos nos últimos seis meses antes das eleições.

Fontes do Palácio da Ronda relatam que o Capitão chegou a ir pessoalmente até Beth e pedir satisfação sobre a estratégia maliciosa do grupo. A prefeita teria dito que ele poderia renunciar se quisesse mesmo competir com Sandro nas eleições.

Mesmo insatisfeito com a gestão de Elizabeth, o Capitão não quis renunciar, nem abrir mão da candidatura. Saulo contra-atacou e enviou à Câmara Municipal um pedido de licença por 60 dias, por motivos particulares. O pedido será votado na segunda-feira (1), mas será preciso maioria dos votos para obter aprovação.

Se as férias de Beth evidenciou a força dos ‘manos’ na Prefeitura, a votação da licença do vice vai expôr o poder do grupo sobre a Câmara Municipal.

Fonte e texto: PG Transparente

O Portal MZ entrou em contato com o vice- Saulo para colocar o seu posicionamento referente a matéria acima, mas até o fechamento desta, não nos retornou.

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


blank

Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!