Geral Ponta Grossa Vitrine

Estudantes da rede municipal de ensino de PG vencem concurso de desenho e redação

10/11/2021 | 15:30 Por Nara Souza Modificado em 10, novembro, 2021 3:40

Dois estudantes da rede municipal de ensino de Ponta Grossa, vencedores dos concursos de desenho e redação no Programa de Educação Ambiental Campo Limpo 2021, foram premiados pelos seus trabalhos. Eles receberam do organizador do programa uma mochila contendo diversos materiais escolares, um notebook e certificado de premiação.

Gabriel Czanoski Pereira, da Escola Municipal Prof Paulo Grott, vencedor no Desenho, e Camila Maloyama Carvalho, da Escola Municipal Professora Judith Macedo Silveira, vencedora na redação, receberam os prêmios na sede da Secretaria Municipal de Educação. A professora de Gabriel, Gisele Ferraz de Melo, e de Camila, Carla Cristina Justus Guarnieri, também foram homenageadas pelo trabalho com os estudantes.

O concurso foi realizado pela Associação dos Revendedores de Insumos Agropecuários dos Campos Gerais (ASSOCAMPOS), através do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV), envolvendo cerca de 50 escolas e 3,3 mil alunos somente nos Campos Gerais. No programa, os professores trabalham os temas sustentabilidade ambiental, economia circular e desenvolvimento sustentável, entre outros, com o suporte de materiais didáticos. A execução dos trabalhos de redação e desenho serve de incentivo ao aprendizado.

A secretária de Educação de Ponta Grossa, professora Simone Pereira Neves, destacou o trabalho realizado por todos os professores participantes do programa. “Este é um momento em que reconhecemos todos os esforços realizados pelos profissionais da educação de Ponta Grossa, que não apenas trabalharam com este importante conteúdo, mas também desenvolveram estratégias de ensino dentro do contexto da pandemia, incentivando alunos e envolvendo também os familiares”, disse a secretária Simone.

O aluno Gabriel Czanoski Pereira teve seu desenho destacado por conter os conceitos de inclusão e responsabilidade ambiental, além da qualidade técnica. “Eu desenhei sobre a importância de reciclar. O desenho é um cadeirante reciclando lixo, um garotinho jogando uma lata e um adolescente jogando papel no lixo, todos nos lugares corretos”, conta o aluno, que não gosta de como o meio ambiente vem sendo tratado. “As coisas estão muito ruins e eu sinto que o mundo precisa melhorar”, alerta Gabriel.

Camila Maloyama Carvalho, que escreveu o melhor texto, destacou que para escrever bem e com letra bonita, basta prestar atenção, ler e praticar. “Durante todas as aulas eu aprendi sobre economia, separar e reciclar o lixo e eu sempre achei isso muito importante. Então resolvi colocar no papel todas as ideias que eu tive. Me concentrei muito pra fazer um trabalho bom, pra conseguir expressar tudo que eu penso. Tem que ter criatividade e pensar muito no que escrever”, resume ela.


 
Incentivo em casa

O pai de Camila, Ernani Pereira, destacou o trabalho de professores e da família. “Eu fico muito feliz com isso, o resultado vem de muito trabalho também do pai e da mãe. Eu assistia as aulas do Vem Aprender com ela, eu incentivava, eu e a mãe verificávamos se ela realmente estava prestando atenção. É fruto de um trabalho dos pais também, é um esforço dos pais junto com a criança para que ela consiga ter um resultado bom”, comenta. Mãe de Gabriel, Sandra Czanoski destacou o empenho do menino. “Ele é uma criança ainda e estamos muito orgulhosos dele, da escola e dos professores. Ele estudou bastante em casa, depois quando voltaram as aulas ele voltou a estudar normalmente”, conta ela.
 
Programa destacou conceito de Economia Circular

Conforme Luiz Fernando de Abreu Marion, responsável técnico da Assocampos e Coordenador de Centrais do Inpev, o Programa Educação Ambiental Campo Limpo busca trabalhar a política nacional dos resíduos sólidos. “Nós buscamos elevar o conhecimento dos alunos aliado aos temas de desenvolvimento sustentável e que tragam conceitos às crianças, como o princípio dos três Rs, que significam reduzir, reciclar e repensar o consumo. Neste ano buscamos trabalhar fortemente o conceito de economia circular, passando todo o conhecimento do ciclo de vida de um produto. Com essas propostas e temas, os professores receberam todo um material didático moldado para ser trabalhado tanto numa plataforma online, quanto fisicamente. A partir dos concursos, nós podemos medir o conhecimento dos alunos, a assimilação deles conforme os temas e propostas trabalhados”, relata Marion.

da Prefeitura de Ponta Grossa

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!