Brasil

Homem negro é espancado e morto por seguranças em mercado de Porto Alegre

20/11/2020 | 08:44 Por Notícias Mz Modificado em 20, novembro, 2020 8:44

Na noite de ontem (19), um homem negro, de 40 anos, identificado como João Alberto Silveira Freitas, foi espancado e morto. O crime aconteceu dentro do supermercado Carrefour, no bairro Passo D’Areia, em Porto Alegre (RS).

Segundo informações divulgadas pelo jornal Zero Hora (GZH), a confusão iniciou quando a vítima discutiu com a funcionária do caixa, que chamou a segurança. Ela afirmou, em depoimento à Polícia Civil, que João fez um gesto que ela interpretou como tentativa de agressão. João teria se negado a sair do mercado e assim começado a briga.

Um segurança e o Policial Militar temporário tiraram a vítima para fora do mercado, e de acordo com o GZH os vídeos mostram João, já imobilizado, sendo espancando por dois homens brancos. Ele não resistiu aos ferimentos.

De acordo com as informações iniciais e imagens do confronto, o PM temporário estaria trabalhando como segurança no local. No entanto, a prática é proibida, e ele está sendo investigado. Os dois homens foram presos em flagrante por homicídio qualificado.

O Carrefour divulgou nota oficial

“O Carrefour informa que adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso. Também romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão. O funcionário que estava no comando da loja no momento do incidente será desligado. Em respeito à vítima, a loja será fechada. Entraremos em contato com a família do senhor João Alberto para dar o suporte necessário. 

O Carrefour lamenta profundamente o caso. Ao tomar conhecimento deste inexplicável episódio, iniciamos uma rigorosa apuração interna e, imediatamente, tomamos as providências cabíveis para que os responsáveis sejam punidos legalmente. 

Para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam. Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais.”

 

Portal Mz Notícia

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!