Esporte

Libertadores: Willian Arão “do céu ao inferno” e Flamengo se despede da competição

02/12/2020 | 00:09 Por Notícias Mz Modificado em 02, dezembro, 2020 12:09

O Flamengo não fez uma boa partida. Abusou de perder gols e acabou sendo castigado com a velha máxima do futebol “Quem não faz, toma” e foi eliminado da Libertadores da América.

Depois de empatar na Argentina por 1 x 1. O placar se repetiu no Maracanã.

Com o zagueiro que retornava ao time, Rodrigo Caio, expulso aos 17 minutos do segundo tempo, depois de levar o segundo cartão amarelo e no lance seguinte ver o Racing marcar o primeiro,

O Flamengo se lançou para cima do adversário e buscou o gol para tentar um respiro. Até que, aos 47, Diego cobrou o escanteio, e Willian Arão de cabeça marcou. Era o empate. O jogo terminou. E nas cobranças de pênaltis. Foram cinco convertidas pelo time argentino e quatro para o Flamengo. Willian Arão, que optou por uma batida forte à meia altura, deu chances para que o goleiro Arias defendesse.

O Rubro Negro amarga mais uma desclassificação. Antes havia sido na Copa do Brasil, agora deixa a Libertadores, restando apenas o Campeonato Brasileiro, onde segue na terceira colocação.

O Racing aguarda o confronto entre Internacional x Boca Juniors, cuja primeira partida será nesta quarta feira (02). Em jogo adiado devido ao falecimento do jogador argentino Diego Maradona.

O técnico do Flamengo, Rogério Ceni, que está há três semanas no clube, já vivenciou sua segunda eliminação.

O Rubro Negro tem o clássico no sábado (05) no Engenhão contra o Botafogo, válido pela 24ª rodada do Brasileiro.

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!