Mundo Vitrine

Médicos realizam primeiro transplante de coração de porco em humano

11/01/2022 | 17:06 Por Nara Souza Modificado em 11, janeiro, 2022 5:10

A Escola de Medicina da Universidade de Maryland anunciou, ontem (10), que um procedimento “histórico” foi realizado por uma de suas equipes na última sexta e que o paciente, David Bennett, passa bem. Médicos americanos implantaram com sucesso o coração de um porco geneticamente modificado num homem de 57 anos com doença cardíaca terminal. A informação é do Terra.

No caso de Bennett este transplante inédito era sua última chance, pois com a insuficiência cardíaca e batimentos irregulares, ele foi considerado inelegível para um transplante humano. Ontem, três dias após a cirurgia, Bennett estava respirando autonomamente, enquanto ainda estava conectado a uma máquina de auxílio cardíaco.

A Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora americana, concedeu autorização de emergência para a cirurgia na véspera do Ano Novo. Ainda, de acordo com FDA, apesar do otimismo, o momento é de cautela. A cirurgia, que durou sete horas, foi resultado de anos ou pesquisas, envolvendo transplantes de porco para babuínos, com tempos de sobrevivência que excederam nove meses.

Três genes que levariam a uma rejeição de órgãos de porco por humanos foram inativados, assim como um gene que levaria a um crescimento excessivo do tecido do coração do porco. E seis genes humanos responsáveis pela aceitação humana foram inseridos no genoma.

Receba atualizações em seu WhatsApp diariamente! Participe do grupo do Portal MZ Notícias

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!