Brasil Vídeos Vitrine

Motorista que filmou ônibus de Conrado e Aleksandro confirma que gravou antes do acidente neste sábado (7)

08/05/2022 | 23:36 Por Fabiano Blageski Modificado em 08, maio, 2022 11:36

O homem que filmou o ônibus da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro em alta velocidade antes do grave acidente no último sábado (7) revela detalhes sobre o vídeo. O autor do conteúdo, que prefere não se identificar, confirma que a captação foi feita pouco antes do ocorrido e que precisou chegar a 130 km/h para fazer o registro.


“Foi ontem (sábado) mesmo que gravei, por volta das 9h47. Eu passo por essa rodovia todos os dias e sempre filmo quem está em alta velocidade. O ônibus passou a mais de 140 km/h e chamou a minha atenção. Acelerei para alcançá-lo”, conta o autor, de 46 anos.

Ele acrescenta que o “encontro” com o veículo dos músicos aconteceu enquanto fazia o trajeto de Jacupiranga para Registro, cidades do interior de São Paulo, pela Rodovia Regis Bittencourt.

O homem explica também que não viu o momento do acidente, uma vez que o veículo da dupla seguiu em direção a São Pedro, também no interior de São Paulo.

Críticas

À reportagem, o autor revela que viu diversos comentários em redes sociais criticando a sua atitude de gravar o ônibus em alta velocidade.

“Não filmei com intenção de prejudicar ninguém. Tenho o hábito de filmar essas coisas. Publiquei [o conteúdo] em um grupo de WhatsApp. Quando vi a repercussão, tentei apagá-lo, mas não tinha mais controle”, desabafa.

O que diz a Polícia Rodoviária Federal

Em nota, obtida pelo g1, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que o vídeo foi feito na Rodovia Regis Bittencourt, por volta do km 454 – a ocorrência foi registrada no km 402. A velocidade máxima para veículos de grande porte no local da gravação é de 80 km/h.

A corporação, porém, não confirma que o conteúdo tenha sido registrado antes do acidente, embora os horários estejam de acordo com a ordem dos fatos – no painel, é possível ver que a situação foi gravada às 9h47, enquanto o ônibus tombou por volta das 10h30.

“Cumpre-nos esclarecer que o uso do celular na direção representa conduta proibida pelo CTB, cuja lesividade na causa de acidentes supera o próprio excesso de velocidade. Sendo assim, o condutor que gravou o vídeo causou mais risco ao trânsito do que o motorista que imprimiu velocidade excessiva, porém este último acidentou-se em virtude do estouro do pneu”, complementa a PRF.

Fonte: G1

Veja também:

Receba atualizações em seu WhatsApp diariamente! Participe do grupo do Portal MZ Notícia

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!