Paraná

Organização criminosa é investigada por venda irregular de cabelos humanos

10/11/2020 | 10:05 Por Notícias Mz Modificado em 10, novembro, 2020 10:05

Uma organização criminosa com um objetivo um pouco incomum é investigada por realizar importação irregular de cabelos de origem estrangeira. A Polícia Federal iniciou a Operação “Baalon” na manhã de hoje (10), em Foz do Iguaçu (PR), Curitiba (PR), São Paulo (SP) e Araçatuba (SP), dando cumprimento a sete mandados de busca e apreensão.

As investigações tiveram como foco um grupo criminoso, parte dele composto por pessoas de origem indiana, que  realiza importação irregular de cabelos humanos. A importação dos produtos ocorria com o cancelamento de tributos, que incidem como crime de descaminho.

Segundo informações da PF, as  pessoas interessadas em adquirir as mercadorias, geralmente clientes brasileiros que trabalham com o comércio de cabelos humanos, realizavam pagamentos por meio de contas bancárias tituladas pelo intermediário.

Para que o grupo criminoso conseguisse realizar o pagamento de seus fornecedores no estrangeiro, os reais recebidos no Brasil eram convertidos em dólares. A conversão em moeda estrangeira ocorria com a remessa física de reais em espécie para o Paraguai ou por meio de contato com algum operador financeiro, que disponibilizava o contravalor via sistema internacional de compensação paralelo, sem registro nos órgãos oficiais, conhecido por dólar-cabo.

blank

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


blank

Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!