AgronegócioBrasilDestaques

Outono e agricultura são influenciados pelo fenômeno La Niña

Colheita de trigo/ Foto: Reprodução

 

No Brasil, fenômeno é percebido como pouca chuva em 3 regiões

Começa hoje (20) o Outono no Hemisfério Sul. Este ano, com um tom diferenciado, uma vez que, no Brasil, a estação sofre influências diretas do fenômeno La Niña. E, com ela, a produção agrícola brasileira. O fenômeno La Niña é um evento climático que ocorre quando as águas do Oceano Pacífico esfriam, desencadeando em uma sucessão de efeitos climáticos nas cinco regiões brasileiras. “É um evento climático natural oceânico-atmosférico caracterizado pelo resfriamento anormal nas águas superficiais do Oceano Pacífico Tropical. Em período de atuação, modula o regime pluviométrico do Brasil, por alterar a circulação atmosférica que atuam sobre o país”, detalha o meteorologista do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Leydson Galvíncio Dantas.

“Vale ressaltar que o La Niña não é, por si só, determinante. Ele potencializa os fenômenos, mas com outros fatores, como a temperatura do [Oceano] Atlântico, que pode influenciar [o clima] em direção oposta”, complementa o meteorologista Mozar Salvador, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Segundo os pesquisadores, em anos de La Niña, as regiões Norte e setor norte do Nordeste apresentam aumento na frequência e volume das chuvas durante o verão. Já nas regiões Sudeste e Sul, faz o contrário: diminuição de chuvas com as temperaturas elevadas e o clima seco.

Na região Centro-Oeste, o que se costuma observar são atraso da pré-estação chuvosa e diminuição da atuação da chamada Zona de Convergência do Atlântico Sul, sistema que é o principal responsável pelas chuvas de janeiro e pelos avanços de frentes frias, país adentro.

Para a população em geral, o fenômeno é percebido como pouca chuva nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul; e muitas chuvas na região Norte e em parte do Nordeste.

Já para quem extrai, da terra, o sustento ou um negócio, há muito mais coisa envolvida.

Leia mais Agência Brasil

Comentários
Posts relacionados
CoronaDestaquesEsporte

Paranaense 2021: FPF denuncia falsificação de exames de Covid em atletas do Cascavel CR

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) anunciou que o Cascavel CR tentou sabotar os exames de Covid-19 Comentários Compartilhe isso:TwitterFacebook
CoronaDestaquesPonta Grossa

PG registra quatro mortes e 58 novos casos de Covid-19

Ponta Grossa registra 58 novos casos de Covid na cidade. No total são 33.415 total de casos confirmados segundo a Fundação Municipal… Compartilhe isso:TwitterFacebook
DestaquesPolíticaPonta Grossa

AMTT e vereadores cobram prestação de contas sobre o uso de recursos pelo sindicato dos trabalhadores do transporte em Ponta Grossa

O vereador Daniel Milla oficiou a Prefeita Municipal Elizabeth Schmidt solicitando informações detalhadas e documentos sobre o fundo de assistência sindical repassado… Compartilhe isso:TwitterFacebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat online
1
Olá. Posso ajudar?
tudo bem ?
Fique a vontade para mandar mensagem :)
faça parte do nosso grupo do Whatsapp