Geral

Polícia Civil prende acusados de adulterar quilometragens de veículos para venda

10/11/2020 | 11:50 Por Notícias Mz Modificado em 10, novembro, 2020 11:50

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu 22 pessoas suspeitas de integrar uma organização criminosa investigada por adulterar quilometragens de veículos para revenda. A operação foi realizada na manhã de segunda-feira (9), na capital paranaense, Região Metropolitana de Curitiba e em Goiânia (GO).

Alguns integrantes do bando são suspeitos de desenvolver e comercializar softwares para adulterar hodômetros de veículos. O “serviço” era adquirido por revendedores de diversos estados da federação. O objetivo era diminuir a quilometragem original para facilitar a revenda do carro.

Proprietários de lojas de revenda de veículos – seminovos e particulares – e proprietários de oficinas mecânicas responsáveis por executar as adulterações também foram presos durante a ação.

Além das prisões, a PCPR cumpriu 54 mandados de busca e apreensão em endereços relacionados aos alvos, em casas e empresas.

As investigações apontaram, que para adulteração de quilometragem de veículos mais populares, o valor cobrado pelo “serviço” variava entre R$ 100 e R$ 200. Já para adulterar hodômetros de carros mais modernos, o “serviço” chegava a custar cerca de R$ 3 mil.

Os suspeitos são investigados por associação criminosa, estelionato, indução do consumidor a erro, adulteração de veículo automotor e expor a venda produto impróprio pelo consumo.

(fonte: PCPR)

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!