Policial Ponta Grossa

Polícia Federal estará de olho nos crimes eleitorais

13/11/2020 | 19:02 Por Notícias Mz Modificado em 13, novembro, 2020 7:02

“A Polícia Federal estará atenta para quaisquer crimes eleitorais como vem ocorrendo em todos os pleitos”. As palavras são do titular da delegacia da Polícia Federal em Ponta Grossa, delegado Jonathan Trevisan Junior, há dez anos no município (desde a inauguração da unidade nos Campos Gerais).

“As eleições anteriores que acompanhamos em Ponta Grossa foram tranquilas. Pelo que estamos percebendo, esta não será diferente”, declara. Trevisan destaca que nos pleitos precedentes ocorreram apenas duas situações de boca de urna.

A base da Federal, como nos anos anteriores será no Fórum, especificamente no espaço do Tribunal do Júri. Todos os casos registrados serão encaminhados para os procedimentos pertinentes.

Boca de urna
“Nossas equipes estarão em ronda pelos locais de votação e imediações para coibir a chamada boca de urna e outros ilícito eleitorais”, comenta.

Estão proibidos usos de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata. Arregimentação (recrutamento, reunião) de eleitor ou a propaganda de boca de urna. A divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos. A publicação de novos conteúdos ou impulsionamento de conteúdo na internet.

Compra de votos
Todas as denuncias de compra de votos serão imediatamente averiguada, assegura o delegado. De acordo com a legislação eleitoral, compra de votos consiste na oferta, promessa ou entrega de bem (aqui entende-se por qualquer coisa: dinheiro, reforma de estrada, doação de combustível, cestas básicas, etc.) ou vantagem, com o objetivo de obter o voto do eleitor.

Para que o candidato seja responsabilizado por este crime, basta a mera promessa, mesmo que o bem ou vantagem não seja efetivamente entregue ao eleitor. Responde também pelo crime de compra de votos o cabo eleitoral.
Este crime tem pena de reclusão de até 4 anos e pagamento de cinco a 15 dias-multa. Também poderá acarretar no cancelamento do registro da candidatura, na cassação do diploma ou até mesmo perda do mandato.

(Luís Carlos Pimentel)

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!