Policial

Polícia investiga causa da morte de engenheira formada pela UEPG

19/11/2020 | 17:28 Por Notícias Mz Modificado em 19, novembro, 2020 5:28

A engenheira formada pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Marion Scheffer de Andrade Silva, de 29 anos, estava desaparecida desde o último sábado (14) e foi encontrada morta na tarde desta quarta-feira (18), em Campina Grande do Sul na região metropolitana de Curitiba. O corpo estava próximo da Ponte da represa do Capivari. A Polícia ainda está investigando as causas da morte.

Ela tinha desaparecido junto com seu carro, um Palio Branco AVF 7993. Como o veículo dela estava abandonado na região, a própria família juntamente com a equipe policial realizaram buscas nas proximidades, quando o corpo foi encontrado.

Marion trabalhava como engenheira na Prefeitura de Almirante Tamandaré. Ela foi vista a última vez no domingo (15) em Morretes. A UEPG publicou uma nota lamentando o falecimento da jovem. A Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ponta Grossa também prestou solidariedade: “nossos mais sinceros sentimentos aos amigos e familiares”.

Portal Mz Notícia 

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!