Economia Ponta Grossa

Ponta Grossa ainda não definiu horário especial de Natal para o comércio

04/12/2020 | 20:00 Por Notícias Mz Modificado em 04, dezembro, 2020 8:00
Impasses entre os Sindicatos impede a divulgação dos horários 

A cidade ainda não tem definição do horário de fechamento das lojas para o Natal. O motivo é o impasse que acontece entre o Sindicato do Comércio Varejista de Ponta Grossa e Região (Sindilojas PG) e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Ponta Grossa (SECPG).

O atraso acontece porque o Sindicato dos Empregados deseja o recebimento do ganho real, de acordo com a convenção coletiva, além da inflação, que já será repassada. Já o Sindilojas PG pede que seja assinada a proposta de horário especial entre as duas entidades de maneira separada do repasse financeiro, para que as empresas comecem a funcionar em novo horário.

Desde o dia 1º de dezembro, o SECPG propõe que os estabelecimentos comerciais firmem acordo coletivo por empresa em substituição à Convenção Coletiva. A convenção envolve, além do reajuste salarial, os pisos salariais e os horários especiais para o período natalino e outras datas promocionais para toda a categoria com salários fixos.

Em nota, o Sindilojas diz que “em um ano pandêmico, toda chance de aumento nas vendas é válido. Muitas empresas precisam do horário especial para que possam contratar funcionários temporários, que poderão ser efetivados após as datas festivas”, completa.

Durante a negociação entre os sindicatos e as lojas, não houve avanços no ponto sobre o piso salarial base da categoria comerciária. O Sindicato dos Empregados diz em nota que a respeito do piso base a reivindicação é igualar pelo menos ao já previsto na lei estadual, cujo valor é de R$ 1.436,60. “Nosso Sindicato já assinou as devidas Convenções Coletivas com outros setores do comercio local e municípios vizinhos, nesse patamar, mas o Sindilojas insiste até o presente momento o valor de R$ 1.430,00”, explica. “Portanto nosso Sindicato não poderá fechar um valor menor para os comerciários de Ponta Grossa e região. Reivindicamos as mesmas condições”, finaliza a nota.

Portal Mz Notícia 

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!