CidadesDestaquesPonta Grossa

Prefeitura não da esclarecimento sobre a falta de iluminação pública em PG

Foto: Assessoria

 

Moradores de diversas regiões de Ponta Grossa entraram em contato com o Portal MZ para relatar uma situação recorrente na cidade: a falta de lâmpadas e outros problemas da iluminação pública. Foram mais de 20 reclamações apenas no dia de hoje (21), as quais foram repassadas à Prefeitura de PG que não soube responder as solicitações.

A maior parte das reclamações são referentes a quantidade de lâmpadas queimadas, bem como o pedido de extensão de rede em algumas vilas. “Está perigoso aos   pedestres”, “totalmente escuro”, “já abri dois protocolos para manutenção, mais até agora nada”, “está escuro, bem perigoso para o pessoal que caminha noite e anda de bicicleta”, são alguns relatos que chegaram até a nossa equipe.

As algumas das ruas que estão com problema na iluminação são: Rua Praia Barra Velha (Dom Bosco), Rua Bartolomeu de Gusmão (Vila Ana Rita), Rua Pedro Secundino Pelissari (Jardim Paraíso), Rua Cora Coralina (Santa Barbara), Avenida Visconde de Taunay, Rua Salomão (Pimentel), Rua Silas Salem (Jardim Esplanada), Rua Barão de Macaubas (próximo ao Hospital Regional), Luís Gama com a Gonçalves Ledo (Vila Estrela), Avenida Visconde de Barauna. Estes são alguns dos locais onde os moradores estão sendo prejudicados pela falta de iluminação.

Entramos em contato com a Afepon (Agência De Fomento Econômico De Ponta Grossa), através da Prefeitura, a qual relatou a equipe do Portal MZ que sem os números de protocolos, dificulta verificar as solicitações. O protocolo é fundamental para identificarmos qual o ponto exato da solicitação e a data do pedido.

Sem o protocolo “a equipe pode ter feito manutenção em um ponto e a solicitação estar se referindo a outro. A Avenida Visconde de Taunay, por exemplo, recebeu manutenção na última semana, onde toda a iluminação foi substituída“, respondeu a prefeitura. Ao final da nota é informado que “repassamos esta listagem para que a equipe da Afepon verifique conforme seus registros de trabalho e cronograma de serviços. Reforçamos que todas as solicitações, referente a iluminação e demais manutenções, devem ser feitas pelo canal 156, por telefone ou pelo site da Prefeitura“.

Segundo o portal JusBrasil, a concessionária, como simples arrecadadora da taxa, não mantém qualquer relação jurídica com os contribuintes. Ou seja, a Copel não participa da relação de natureza tributária que se estabelece entre o contribuinte e o Município. Cabendo à concessionária de energia elétrica apenas a arrecadação e o repasse aos Municípios, da Taxa de Iluminação Pública por eles instituída.

Texto: Redação MZ Notícia

Posts relacionados
BrasilDestaquesEconomia

Sorteio de R$ 38 milhões é hoje

A Mega-Sena pode pagar R$ 38 milhões neste sábado (31) ao apostador que acertar as seis dezenas do concurso 2.395. O sorteio será realizado a partir… Compartilhe isso:Facebook
DestaquesPolicialPonta Grossa

PM realiza estudo de caso do cerco policial no Taquari dos Polacos

Na última quinta-feira (29), o 1° Batalhão de Polícia Militar promoveu a apresentação do Estudo de Caso sobre o Cerco Policial que… Compartilhe isso:Facebook
DestaquesPolicialPonta Grossa

Carro é furtado de residência em Ponta Grossa

A Polícia Militar foi chamada para atender um ocorrência de furto na tarde desta sexta-feira (30), na rua Chafi Azim, no bairro… Compartilhe isso:Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat online
1
Olá. Posso ajudar?
tudo bem ?
Fique a vontade para mandar mensagem :)
faça parte do nosso grupo do Whatsapp