Política

Projeto para criação de área de proteção às zonas industriais sai da pauta

02/12/2020 | 16:40 Por Notícias Mz Modificado em 02, dezembro, 2020 4:40
Pauta só entrará em discussão novamente no próximo ano

O Projeto de Lei do Poder Executivo propondo a criação de uma área de serviço com o fim de proteção às áreas indústrias no eixo das rodovias BR-376, BR – 373 e PR-151, deixou a Ordem do Dia, em que seria submetida à votação em segundo turno, devido a pedido de vistas por 15 dias corrido do vereador Váter José de Souza (PRTB), o Valtão.

Valtão argumentou que o projeto chegou à Câmara “num afogadilho” e aprovado em primeira discussão, com o caráter de urgência, mesmo estando com sua justificativa não bem delineada. Para ele, trata-se de um mini plano diretor.

Embora de muita relevância, estabelece uma área de serviço entre as zonas industriais, especificando que as empresas sejam do ramo logístico ou de armazenamento. Ou seja, especificando o serviço, previligiando grupos determinados”, observa Valtão.

A matéria veda a construção de novas residências ou qualquer ampliação de moradias. “Existem diversas residências nas adjacências das zonas industriais, com espaço para aumento de domicílios e estabelecimento de outras empresas na chamada zona de serviço que não sejam do setor de armazenamento ou logístico. Este projeto emperra o desenvolvimento da cidade. Ele não foi submetido a discussões técnicas. Precisamos discutir melhor essa norma. Que ela volte no próximo exercício legislativo”, defendeu o legislador

Zampieri se posicionou a favor da retirada, mas contra o período
O vereador Ricardo Zampieri (Republicanos) concordou com as palavras de Valtão. “Sou favorável ao pedido de vista, pois acredito que esse projeto merece mais atenção. Entretanto, entendo que ele deva ser discutido ainda nesta legislatura. Sou favorável ao pedido de vistas desde que seja inferior aos 15 dias solicitados. Não sendo assim, votarei contra, avisou o republicano, mas Valtão permaneceu irredutível.

O pedido de vistas foi aprovado. Recebeu 14 votos favoráveis e quatro contrários. Decidiram-se contra a retirada do projeto, além de Ricardo Zampieri, Geraldo Stocco (PSB), Maurício Silva (PSDB) e Pietro Arnaud (PSB).

Luís Carlos Pimentel- Portal Mz Notícia

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


blank

Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!