Brasil Vitrine

Sargento reformado da PM é preso por matar ex-mulher e agredi-la por 30 anos

09/11/2021 | 12:14 Por Nara Souza Modificado em 09, novembro, 2021 12:14

Um sargento reformado da Polícia Militar foi preso na última sexta-feira (5), em Belo Horizonte, acusado de assassinar a ex-esposa após mais de três décadas de agressões.

O homem, que não teve a identidade revelada, foi detido na casa da irmã, com quem havia ido morar há cerca de três meses.

O sargento reformado da PM é considerado o principal suspeito do assassinato de Sueli Pascoal, de 50 anos, ocorrido no último dia 8 de outubro. Segundo a polícia, ele teria descarregado um revólver calibre 38 no rosto da mulher.

Segundo a investigação, Sueli teria decidido se separar do suspeito seis meses antes do crime, o que teria feito com que os episódios de agressão e violência protagonizados pelo rapaz se intensificassem. Na época, ela procurou a delegacia e conseguiu uma medida protetiva contra o ex-marido.

O PM alega que agiu em legítima defesa. Ele diz que atirou após ser atacado pela mulher ao pedir que ela deixasse o imóvel onde morava, mas a polícia não acredita na versão.

A polícia constatou que Sueli foi vítima de violência doméstica por 32 anos.

Os policiais encontraram fotos que Sueli guardava para utilizar como prova das agressões do PM. Até um chumaço de cabelo dela arrancado por ele foi localizado.

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!