Esporte

Série B: Depois da derrota, Matheus Costa diz que faltou unidade e espírito ao Operário.

09/12/2020 | 07:00 Por Notícias Mz Modificado em 09, dezembro, 2020 7:00

O Operário Ferroviário não apresentou um bom futebol, principalmente na primeira etapa, e perdeu para o Guarani por 3 a 0, na tarde desta terça-feira (8), no Estádio Brinco de Ouro, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O alvinegro segue com 34 pontos na competição.

O adversário abriu o placar aos oito minutos do primeiro tempo, com gol de Waguininho. O Fantasma reagiu e criou oportunidades com Ricardo Bueno: aos 10 minutos, em chute na entrada da área que Gabriel Mesquita saiu para fazer a defesa e, aos 16, em chute de fora da área que cobriu o gol. O Guarani ampliou com Lucas Crispim aos 25 minutos. O Operário tentou com Diego Cardoso aos 30 minutos, quando o atacante puxou contra-ataque em velocidade e arriscou chute. Antes do fim da etapa inicial, aos 37 minutos, Lucas Crispim marcou o terceiro do time da casa.

No segundo tempo, o alvinegro teve algumas oportunidades e buscou o gol. Aos 14 minutos, Thomaz tentou cruzamento pela esquerda e o goleiro saiu para afastar. Julinho cobrou falta aos 29 minutos, quando a bola passou do lado direito do gol, e, aos 38 minutos, cruzou na área, mas teve desvio para fora. Aos 45 minutos, Douglas Coutinho entrou na área pela esquerda, chutou e, no desvio, o goleiro saiu para fazer a defesa.

Em entrevista coletiva por videoconferência, o treinador Matheus Costa falou sobre o resultado. “Até antes dessa partida, nós éramos a terceira melhor defesa da competição, sofríamos muito poucos gols e, sob meu comando, não tínhamos sofrido mais que um gol na partida. Hoje, não vejo que foi um processo de falha defensiva, mas de falha coletiva. Todos nós erramos. No início do jogo, sofremos um gol de bola parada e sentimos muito. A equipe do Guarani entrou de uma maneira e nós entramos de outra. Pra mim, esse é o grande resumo: uma equipe que entrou muito ligada, muito atenta, buscando aquilo que queria, e nós aceitamos demais.  No segundo tempo, a gente buscou criar alternativas, mas, com três gols de diferença no placar, a gente sabe que tudo se torna muito mais difícil”, avaliou o treinador.

Matheus Costa destacou ainda que o Operário não conseguiu jogar em unidade como uma equipe. De acordo com ele “depois do primeiro gol, nós sentimos demais e ficou uma equipe, parece que cada um jogando por si. A gente tava querendo cada um fazer o que bem entendesse. Temos como corrigir isso, temos um jogo dificílimo na sexta feira. Pouco vai se treinar em campo, muito vai se conversar, para que nessas conversas a gente procure corrigir e entrar com um espírito diferente, da melhor maneira possível. Bem diferente do que aquele espírito que a gente entrou hoje, pra gente buscar os três pontos em casa”, disse o técnico.

O Operário joga novamente pela Série B nesta sexta-feira (11) contra o Sampaio Corrêa, às 16h, no Estádio Germano Krüger.

Assessoria de Imprensa Operário Ferroviário

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!