DestaquesPolíticaPonta Grossa

Trabalhadores da VCG cobram urgência da Câmara de Vereadores

MZ Notícia

 

Um grupo de trabalhadores da Viação Campos Gerais (VCG) está acompanhando a sessão da Câmara de Vereadores de Ponta Grossa, que teve início às 14 horas desta quarta-feira. O objetivo é cobrar celeridade dos parlamentares na apreciação do projeto de lei, de autoria do Poder Executivo, que irá permitir a liberação de R$ 1,7 milhão dos cofres da Prefeitura para indenização da VCG, referente aos 18 dias de paralisação do sistema de transporte público municipal, imposto como medida de combate à proliferação da pandemia da Covid-19 no município.

O projeto foi protocolado nesta segunda-feira. E, pelo regimento interno da Câmara, os vereadores teriam o prazo de 15 dias para apreciar o projeto de lei. Entretanto, o pagamento deste valor é considerado como condicionante, pelos trabalhadores, para que os ônibus do transporte coletivo permaneçam em circulação. Caso contrário, os trabalhadores ameaçam retomar a greve total da categoria. O prazo estipulado pelos trabalhadores para o recebimento dos salários atrasados é esta sexta-feira.

O projeto foi aprovado, com 16 votos, em regime de urgência, na tarde de hoje (17), e segue em votação na próxima quarta-feira (19).

 

MZ Notícia

Acompanhe a transmissão ao vivo da Câmara

Texto: Redação MZ Notícia

Comentários
Posts relacionados
CoronaDestaquesPonta Grossa

PG registra sete mortes e 179 novos casos de Covid em 24h

Ponta Grossa registra  179* novos casos de Covid na cidade. No total são 44.576 total de casos confirmados segundo a Fundação Municipal… Compartilhe isso:TwitterFacebook
DestaquesEducaçãoParanáPonta Grossa

100% dos colégios estaduais de PG terão aulas presenciais em menos de um mês 

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação do Paraná, a previsão para o retorno das aulas presenciais, nos 59 colégios… Compartilhe isso:TwitterFacebook
Ponta GrossaRegião Campos GeraisSocial

Igreja Assembleia de Deus abre inquérito para investigar denúncia e afasta pastor

  O Pastor Presidente não deve retornar as atividades, independente do resultado das investigações. Comentários Compartilhe isso:TwitterFacebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat online
1
Olá. Posso ajudar?
tudo bem ?
Fique a vontade para mandar mensagem :)
faça parte do nosso grupo do Whatsapp