Ponta Grossa

Vagas temporárias pretendem compensar demissões causadas pela pandemia em PG

24/11/2020 | 16:00 Por Notícias Mz Modificado em 24, novembro, 2020 4:00

As contratações de empregos temporários em Ponta Grossa já iniciaram, mas parece que elas terão outra função neste ano: a retomada do quadro de funcionários, após demissões na pandemia. O comércio teve vários de seus setores atingidos durante o período de quarentena, com o fechamento de portas e diminuição das vendas a consequência foi o encerramento de vários contratos de trabalho.

O setor varejista foi o mais impactado em Ponta Grossa e agora tenta voltar seu quadro de funcionários. “Com a pandemia, muitos trabalhadores foram mandados embora e não foram recontratados. Agora que as empresas estão voltando ao quadro de funcionários”, explicou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Ponta Grossa, José Loureiro.

De acordo com Loureiro, além do varejo, os shoppings também foram bastante afetados e o número de contratações não superará a do ano passado e não haverá um acréscimo, como ocorre todos os anos. “Varejista e shopping não terão acréscimo mas sim, a volta ao normal”, explicou o presidente. A boa notícia é que essas vagas provavelmente se tornarão definitivas para que ocorra este equilíbrio novamente.

Para o empresário de uma rede de calçados da cidade, Regis de Oliveira Godoy, as contratações já iniciaram e a previsão é de uma ampliação de 20% do quadro já existente. “Tivemos uma redução de funcionários e fechamento de uma loja no começo da pandemia. Mas na semana passada conseguimos reabrir para recuperar o quadro de trabalhadores”, comemorou o empresário.

Setores não afetados vão ofertar vagas

Paralelo ao comércio varejista, setores não afetados com a pandemia têm expectativa de crescimento nas vagas, comparado ao mesmo período do ano passado. “Os supermercados não foram atingidos, estão ofertando muitas vagas, pois final de ano a demanda é muito grande. Indústrias como a Madero também estão contratando”, disse Loureiro.

E-commerce

E quem soube investir e se aprimorar no e-commerce também levou vantagem neste período. De acordo com pesquisa realizada pela Ebit/Nielsen em parceria com a Elo, as vendas online no Brasil cresceram 47% no 1º semestre de 2020, foi a maior alta em 20 anos. E o mesmo aconteceu em Ponta Grossa. Segundo Loureiro o faturamente do e-commerce foi um dos que mais aumentou.

Por Portal Mz Notícia

 

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!