DestaquesPonta Grossa

VCG diz não ter dinheiro para pagar funcionários e pede 3 milhões…

 

Salários já foram parcelados e empresa pode não pagar parcela referente ao mês de fevereiro

Na tarde de hoje (20) a Viação Campos Gerais encaminhou um comunicado via WhatsApp para seus colaboradores, informando que não teria condições de pagar os salários de seus colaboradores No momento a empresa paga seus funcionários de maneira parcelada, no próximo dia 25 os colaboradores receberiam parte do pagamento referente ao mês de fevereiro. A empresa é a única a prestar os serviços de transporte pública em Ponta Grossa, de acordo com o comunicado ela vem tentando diálogo com a prefeitura, porém sem êxito.

“Não há até o momento, qualquer diálogo em andamento com a Prefeitura. Ressaltamos nossa preocupação com a total falta de diálogo, haja vista as recentes recomendações do Tribunal de Contas do Estado de que a situação do transporte coletivo é de responsabilidade direta dos Municípios e que estes devem tomar medidas efetivas e urgentes para a resolução do problema”.

De acordo o Sindicato a categoria encontra-se com um indicativo de greve vigorando desde 28 de janeiro, e se a situação dos salários não for regularizada uma nova greve do transporte pode ser iniciada. Além do comunicado da empresa, um áudio fala sobre uma reunião realizada na data de ontem (19), o referido áudio foi gravado por um chefe de setor da Viação, o qual manteremos preservada sua identidade com base no sigilo da fonte,  nele a fonte fala sobre a falta de dinheiro para pagamento dos salários parcelados e do próximo dia 05 de abril (referente a março) o qual deixou a classe trabalhadora muito preocupada, segundo as informações enviadas  a viação poderia tomar alguns posicionamentos:

” Primeiro a prefeitura poderia dar o dinheiro que a viação precisa, que seria 3 Milhões de reais, o segundo seria uma intervenção… A prefeitura entraria para administrar a VCG, e a terceira posição a prefeitura alegaria que a Viação  está descumprindo o contrato e assim tiram a Viação de circulação”.

E agora, como fica a situação dos trabalhadores que estão recebendo os salários de maneira parcelada e podem ficar sem o pagamento seguinte, e qual será posição da prefeita Elizabeth visto que seu antecessor Rangel enviava subsídios solicitados pela VCG.

 

Comentários
Posts relacionados
DestaquesPolíticaPonta Grossa

Justiça afirma que prefeitura é corresponsável pelo transporte e exige esclarecimentos

A juíza Luciana Virmond Cesar, da 2ª Vara da fazenda Pública de Ponta Grossa, deu a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa o… Compartilhe isso:TwitterFacebook
DestaquesPonta Grossa

Cadastro para Vale-Mercado de PG passa a ser presencial

Após uma semana de cadastro online online, a prefeitura de Ponta Grosa informou, hoje (16), que retorna a partir da próxima segunda-feira… Compartilhe isso:TwitterFacebook
CoronaDestaquesPonta Grossa

PG registra 13 óbitos e passa dos 33 mil contaminados pela Covid-19

Ponta Grossa registra 103 novos casos de Covid na cidade. No total são 33.027 total de casos confirmados segundo a Fundação Municipal… Compartilhe isso:TwitterFacebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat online
1
Olá. Posso ajudar?
tudo bem ?
Fique a vontade para mandar mensagem :)
faça parte do nosso grupo do Whatsapp