Esporte Ponta Grossa Vitrine

Capoeirista da Muzenza é homenageado pelo Rei da Espanha

03/05/2023 | 12:05 Por Eduardo Matheus Modificado em 03, maio, 2023 5:15

O paranaense, Flavio Oliveira da Silva Dhein, de 37 anos, conhecido no universo da Capoeira como contramestre Magrela, foi homenageado recentemente pelo Rei Felipe VI da Espanha e pela rainha Letizia.  Além disso, o contramestre Magrela foi apresentado pela majestade ao presidente Luís Inácio Lula da Silva e a primeira-dama Janja. O encontro aconteceu no Palácio Real de Madrid.

Magrela foi convidado participar de almoço oferecido pelo Rei VI a comitiva brasileira.  Flávio avaliou positivamente o encontro. O paranaense, natural de Foz do Iguaçu, dá aulas de Capoeira em duas cidades espanholas Segovia e Valladolid.

 “Vejo como um momento único para minha carreira profissional dentro da sociedade espanhola, país no qual eu trabalho com a capoeira em colégios, universidades, centros de treinamentos e academias, faço show de cultura brasileira e organizo eventos e campeonatos aqui na Espanha. E ser convidado pelo Rei da Espanha é algo extraordinário, mas é fruto de um bom trabalho realizado durante todos esses anos com a capoeira e também meu compromisso com a sociedade em promover a cultura brasileira na Espanha através desta arte magnifica.”, afirmou Magrela em entrevista ao Portal MZ Notícia.

O profissional reside há 17 anos fora do Brasil, ele acredita que o encontro entrou para história da Capoeira, visto que, a arte genuinamente brasileira foi reconhecida e ovacionada por figuras renomadas do cenário mundial.

“Para a capoeira penso que seja um feito histórico, um capoeirista ser apresentado no Palácio Real pelo Rei a Rainha de uma nação perante ao presidente e a primeira dama de um país, o país berço da capoeira, o Brasil”, destacou o contramestre Magrela.

Flávio supervisiona trabalhos de Capoeira na Rússia, Angola e Costa Rica. “Aos que trabalham com a capoeira, parabenizo pela sua força de vontade, amor pela arte, resiliência e dedicação, ser um profissional de capoeira lecionar realmente não é uma tarefa fácil. Por isso, eu digo promova em grande escala seu trabalho e divulgue na mídia e redes sociais para a comunidade aonde você trabalha reconhecer todo este esforço e dedicação que fazemos para a sociedade e região aonde tem um profissional de capoeira. Para todos aqueles que amam a capoeira e gosta da pratica, desfrutem essa arte e conjunto de várias atividades e tem muito por aprender e conhecer dela e vai muito mais além de fazer uns bons chutes e acrobacias’’, ressaltou.

Em 2023, o contramestre Magrela conquistou o seu sétimo título mundial de Capoeira, no 11° Mundial Muzenza, organizado pelo presidente do Grupo Muzenza de Capoeira, o Mestre Burguês. Flávio treina Capoeira desde 1994 e relembra como tudo começou.

“Comecei e treinar capoeira na escola, na terceira série, quando minha sala foi representar a Bahia no desfile 7 de setembro. Pensei em me tornar um profissional de capoeira quando acabei meus estudos com 18 anos e me deparei que a única coisa que sabia fazia razoavelmente bem era a capoeira e só tinha uma possibilidade de dar certo esse sonho em ser um profissional e viver de capoeira que era sair da minha cidade e tentar a sorte fora do meu Brasil, foi quando recebi a oportunidade de vim fazer uma turnê na Europa após ter ganhado meu segundo título mundial e aqui estou até hoje realizado e concretando sonhos através da capoeira”, frisou o atleta.

Além disso, heptacampeão destacou importância da prática da capoeira na vida das pessoas e os benefícios para a saúde do praticante. “A Capoeira é um esporte-arte completo com inúmeros benefícios para pessoas de qualquer idade. Hoje, em dia e de grande importância a comunidade fazer alguma atividade física e a capoeira pode beneficiar e muito as pessoas em essa busca pela saúde, bem estar e qualidade de vida, além de estar em contato com a cultura, a musicalidade brasileira  fazendo um esporte que envolve a mistura de luta, acrobacias, domínio corporal, flexibilidade, mobilidade articular e um trabalho mental prevenido contra doenças relacionadas com a demência e Alzheimer e para as crianças, é uma das atividades que pode  melhorar e proporcionar o desenvolvimento psicomotor em qualquer criança na idade escolar, pontua.

Em Ponta Grossa, a Academia Muzenza de Capoeira fica localizada na Rua Julia Vanderley, na região central da cidade, com aulas segunda, quarta, e sexta-feira com o Mestre Polaco.

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!