Brasil Vitrine

Chuvas volumosas atingem parte da Região Sul até sábado 

05/05/2023 | 19:01 Por Redação MZ Modificado em 05, maio, 2023 7:01

Chuvas volumosas atingem parte da Região Sul, nesta sexta-feira (5) e no sábado (6). O volume de águas pode passar de 100 milímetros (mm), em 24 horas.  A previsão é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), do Ministério da Agricultura e Pecuária.  

O maior volume de chuvas vai ocorrer o Rio Grande do Sul. O Inmet publicou aviso de alerta vermelho para as áreas central, sudoeste, sudeste e nordeste do estado, além da região metropolitana de Porto Alegre, na capital gaúcha. O alerta de grande perigo indica risco de grandes alagamentos e transbordamentos de rios e grandes deslizamentos de encostas das cidades. 

A meteorologista do Inmet, Dayse Morais, explicou o que tem provocado as fortes pancadas de chuvas. “Esse fluxo de ar quente e úmido está vindo do Paraguai e da região amazônica e tem convergido nesta região do Rio Grande do Sul. São ventos de oeste de baixo e médio nível.” Ela citou as consequências, além do aumento de chuvas “Esses fatores juntos provocam bastante nebulosidade e queda de temperaturas,”  

O Inmet instrui os moradores dessas regiões a desligarem aparelhos elétricos, o quadro geral de energia; observar a alteração nas encostas; permanecer em local abrigado. E em caso de inundações, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos.  

Os cidadãos podem ligar para os órgãos municipais de Defesa Civil, no telefone 199, e no Corpo de Bombeiros, número 193, para buscar mais informações e orientações do que fazer, em caso de eventos extremos. 

Alerta laranja

Nesta sexta, o Inmet também decretou alerta laranja, indicador de perigo, para todo o estado do Rio Grande do Sul, além do sul e oeste de Santa Catarina e oeste do Paraná. As chuvas de até 100 mm por dia, com ventos intensos de 60 a 100 km/h, representam perigo e há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. 

A orientação, em caso de rajadas de vento, é não buscar abrigo embaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, devido ao risco de queda.  

De acordo com a meteorologista Dayse Morais, entre domingo (7) e segunda-feira (8), uma frente fria avançará sobre parte de Santa Catarina e do Paraná e se afastará, gradualmente, do Rio Grande do Sul. 

Para o restante do país, até sábado, a meteorologista prevê chuvas fortes, também, no norte do país, com destaque para Amazonas, Acre, Rondônia e Pará, descendo para região centro-oeste, via Mato Grosso. 

Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC), do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, com base em dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden/MCTI), reafirma a possibilidade moderada de ocorrerem enxurradas, alagamentos e inundações, nos estados do Amazonas e Rio Grande do Sul. 

3 Comentários

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!