Ponta Grossa Vitrine

Inscrições do concurso público da Polícia Penal do Paraná encerram na sexta-feira

20/03/2024 | 16:15 Por Redação MZ Modificado em 20, março, 2024 4:15

O prazo de inscrições para o concurso público da Polícia Penal do Paraná (PPPR) se encerra nesta sexta-feira (22). As inscrições devem ser feitas através do site da banca organizadora, o Instituto AOCP, com custo de R$ 110,00. Os interessados devem consultar o Edital nº 001/2024.

 

São sete vagas que contemplam três macrorregiões do Estado – as de Curitiba, Londrina e Cascavel, abrangendo os municípios paranaenses com unidades penais. O concurso exige formação de nível médio e posse de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B. O salário inicial é fixado em R$ 4.548,97, acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 634,74. Os candidatos aprovados farão parte do Quadro Próprio da Polícia Penal (QPPP) e trabalharão 40 horas semanais, podendo optar por formato de escala (plantão) ou expediente.

“Hoje a Polícia Penal do Paraná está consolidada, com uma legislação própria e um excelente plano de carreira, que está entre os melhores da segurança pública do Estado. Para quem procura o serviço público, que admira e pretende ingressar na carreira, esta é uma oportunidade muito promissora”, destaca o diretor-adjunto da PPPR, Maurício Ferracini.

 

Entre as funções do policial penal estão: exercer o poder de polícia na apuração e aplicação de sanções disciplinares, de acordo com a Lei nº 7.210/84; e coordenar, dirigir e chefiar estabelecimentos penais, atividades típicas de gestão prisional e setores relacionados ao órgão responsável pela administração do sistema prisional.

 

Também fazem das funções participar, integrar ou assessorar órgãos, departamentos, conselhos, comissões ou grupos de trabalho relacionados ao sistema penitenciário; classificar as pessoas privadas de liberdade (PPL); transportar, conduzir, guardar e escoltar custodiados; e coordenar e realizar as atividades típicas de execução penal, bem como as afetas à custódia de presos provisórios, medidas cautelares diversas da prisão e tratamento penal.

ETAPAS – O processo seletivo do concurso compreende diversas etapas. A primeira delas é a prova objetiva que está agendada para o dia 19 de maio, com duração de até 5 horas. Serão 75 questões de múltipla escolha, distribuídas entre 25 questões de conhecimentos gerais (envolvendo língua portuguesa, raciocínio lógico matemático e informática) e 50 de conhecimentos específicos (incluindo direito administrativo, legislação extravagante, direito constitucional, direito penal, direito processual penal, direito penitenciário, criminologia e direitos humanos).

 

O processo seletivo contempla ainda etapas de avaliação psicológica, investigação social, curso de formação e avaliação médica, todas de caráter eliminatório.

 

O curso de formação será ministrado nos municípios de Curitiba e Londrina, aplicado pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento Penitenciário (Espen). Podem ser convocados até 500 alunos aprovados em todas as etapas anteriores para realizar o curso.

2 Comentários

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!