Policial Vitrine

Morte de enfermeira da UPA gera extrema comoção: “Carinho e saudade”

17/01/2024 | 18:50 Por Redação MZ Modificado em 17, janeiro, 2024 6:50


A morte de Patrícia Soares da Silva, mulher que foi assassinada na última segunda-feira (15) a facadas em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, comoveu amigos de trabalho e familiares. Ela era enfermeira em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Itapoá, Santa Catarina.

Nas redes sociais, a UPA lamentou a morte de Patrícia com uma mensagem emocionante de despedida.

“Neste momento difícil, estendemos nossos mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos enlutados. Que encontrem conforto nas boas lembranças e na certeza de que ela será lembrada com carinho e saudade”.

O corpo da enfermeira, que foi atacada com golpes de faca, foi encontrado em uma área de mata, na zona rural da cidade.

De acordo com a Polícia Civil, o ex-marido confessou o crime por áudio e foi declarado foragido da Justiça. Além disso, o delegado Gustavo Pinho Alves, que o casal estava em processo de separação há cerca de três meses, porém, ainda moravam na mesma casa, em Itapoá (SC)

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!