Morte do ex-presidente do Coritiba gera extrema comoção
Esporte Vitrine

Morte do ex-presidente do Coritiba gera extrema comoção

18/06/2024 | 18:01 Por Redação MZ Modificado em 18, junho, 2024 6:01

Edison José Mauad, ex-presidente do Coritiba, morreu nesta terça-feira (18), aos 77 anos. Ele comandou o clube em dois períodos, entre 1980 e 1981 e entre 1995 e 1996.

 

De acordo com os familiares, Edison não resistiu a uma cirurgia do coração realizada no Hospital Nossa Senhora das Graças. O ex-presidente era pai de Daiane Mauad, esposa do ídolo Alex, e mais três filhos.

 

O velório de Mauad acontece  das 20h desta terça-feira (18) até às 9h de quarta-feira (19) na Capela Vaticano, no bairro Bom Retiro, em Curitiba. Em 2019, o dirigente havia perdido sua esposa Flavia Harm Krieger Mauad.

 

Edison Mauad foi um importante presidente na história do Coritiba nas décadas de 80 e 90. O dirigente foi fundamental, principalmente, na retomada coxa-branca em 1995, juntamente de Joel Malucelli e Sérgio Prosdócimo, no chamado “triunvirato”.

 

O trio organizou as dívidas e montou um bom time na disputa da Série B daquele ano. Ao fim da temporada, o Coxa terminou com o vice-campeonato e alcançou o retorno à Primeira Divisão Nacional.

 

Também foi em sua gestão o pontapé inicial para o início das obras de construção do CT da Graciosa, inaugurado posteriormente no fim de 1997. Desde então, sempre esteve presente nos bastidores do clube, nas arquibancadas do Couto Pereira e atualmente era integrante do Conselho Deliberativo.

 

Nas sociais, o Coritiba lamentou a morte de Edison Mauad. “O Coritiba lamenta com muito pesar o falecimento do ex-Presidente do Clube, Edison José Mauad. Nascido em Curitiba em 15 de abril de 1945, Edison assumiu a presidência do Coritiba em dois momentos, em 1981 e 1995.

 

Em 1995 ele assumiu o cargo após renúncia do Presidente Evangelino da Costa Neves. Os empresários Joel Malucelli e Sérgio Prosdócimo também fizeram parte da diretoria conhecida como “Triunvirato”. Nesta gestão, o Coritiba conquistou o acesso à elite do futebol brasileiro.

 

O ex-dirigente também é um dos fundadores da Construtora Irmãos Mauad e, na década de 1970, sua empresa foi a responsável pela construção dos setores de arquibancada do Estádio Couto Pereira. Também em sua gestão, o Clube priorizou e iniciou a construção do atual Centro de Treinamento.

 

Edison faleceu na madrugada desta terça-feira (18) e deixou quatro filhos, entre eles Daiane Mauad, casada com o ex-meia e ídolo do Coritiba, Alex.

 

Sua partida representa uma grande perda para todos que tiveram o privilégio de conhecê-lo e para a nação coxa-branca.

 

Neste momento de dor, expressamos nossos mais sinceros sentimentos de solidariedade e conforto à família e aos amigos de Edison Mauad. Que encontrem força e paz para superar esta perda”, diz em nota o clube.

Novo comentário

  • Noella disse:

    It’s amazing to go to see this web page and reading the views of all
    mates regarding this paragraph, while I am also zealous of getting familiarity.

    Feel free to visit my homepage: Keonda

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!