Mundo Política Vitrine

Trump consegue vitória recorde em Iowa

16/01/2024 | 17:27 Por Redação MZ Modificado em 16, janeiro, 2024 5:27

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump teve a maior vitória da história para um republicano em Iowa. O Estado abriu o ano eleitoral no país na  ao realizar o 1º caucus –reunião de um partido (Republicano, no caso) para decidir quem será o candidato à Presidência.

Segundo o Axios, Trump venceu em 98 dos 99 condados do Estado de Iowa, e no condado onde perdeu (Johnson) a diferença para a ex-governadora da Carolina do Sul Nikki Haley foi de apenas um voto. A liderança na votação foi declarada apenas 31 minutos depois do início da convenção política.

Ele teve 51,01% dos votos, contra 21,23% do governador da Flórida, Ron DeSantis, que ficou em 2º lugar. A diferença entre os candidatos foi de 29,78 pontos percentuais. Já Nikki Haley ficou com 19,12%.

A votação teve a maior taxa de abstenção desde as eleições de 2000. Do total de 752 mil eleitores republicanos, só 108 mil participaram (cerca de 14,4%), segundo o Wall Street Journal. O recorde de participação republicana foi registrado em 2016, com 186 mil eleitores do partido. Em 2012, foram 122 mil. Em 2008, 118 mil compareceram e em 2000, 86.440. Nos EUA, o voto não é obrigatório. 

O resultado do caucus de Iowa mostra que Donald Trump tem uma popularidade significativa entre os eleitores republicanos, apesar dos processos que enfrenta na Justiça norte-americana….

O Axios analisa que a liderança de Trump é um “grande alerta” para republicanos mais moderados (Ron DeSantis e Nikki Haley), que ainda sonham com um “mundo pós-Maga” (sigla em inglês para “Make America Great Again”, slogan usado na campanha de Trump que significa, em português, “Torne a América Grande Novamente”) –”America” é a forma que os americanos usam para se referir aos Estados Unidos.

Os candidatos devem ter dificuldades para se aproximar de Trump e até mesmo derrotá-lo. Ambos esperam ter melhores resultados nas primárias de New Hampshire, marcadas para 23 de janeiro.

Em seu discurso depois do resultado, Nikki Haley afirmou ter um motivo para seguir em frente na disputa. “Quando você olha como estamos em New Hampshire, na Carolina do Sul e em outros lugares, posso dizer com segurança que, nessa noite, Iowa transformou as primárias republicanas em uma disputa entre duas pessoas”, disse se referindo a ela e a Trump.

Ron DeSantis comemorou a vitória sobre Haley. O governador da Flórida espera que o resultado de Iowa o ajude a ter um melhor desempenho em New Hampshire. Disse também que a imprensa anunciou o vitorioso do caucus antes que todos pudessem votar.

“Eles [a mídia] estavam tão entusiasmados com o fato de terem previsto que não conseguiríamos sobreviver [as prévias] de Iowa. Mas posso garantir que, por causa de seu apoio, apesar de tudo o que eles jogaram contra nós, [de] todos [estarem] contra nós, conseguimos seguir adiante”, disse.

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!