Esporte Vitrine

Wanderley Pereira avança à final e Shuga é bronze no Mundial de Boxe

12/05/2023 | 19:00 Por Redação MZ Modificado em 12, maio, 2023 5:59

O pugilista peso-médio Wanderley “Holyfield” Pereira colocou o Brasil na final do Mundial de Boxe, em Tashkent (Uzbequistão). O baiano de 22 anos, garantiu a classificação nesta sexta-feira (12) ao vencer de virada o anfitrião Alokhon Abdullaev, na semifinal da categoria até 75 quilos. Também hoje, o carioca Wanderson “Suga” de Oliveira foi bronze nos 71 kg, ao perder o embate para o uzbeque Saidjamshid Jafarov.

Wanderley Pereira volta ao ringue às 10h (horário de Brasília) de domingo (14) para lutar pela medalha de ouro contra o cubano Yoenli Martinez. O embate terá transmissão ao vivo no site do Canal Olímpíco do Brasil. Também conhecido pelo apelidado de Holyfield, o atual campeão dos Jogos Sul-Americanos pode faturar a segunda medalha de ouro do Brasil em Mundiais: a primeira foi conquistada pelo médio-ligeiro Everton Lopes, nos 64 kg, na edição de 2011, em Baku (Azerbaijão).

Nesta sexta (12), Holyfield chegou a terceira vitória consecutiva no Mundial, em sua estreia nos 75kg – a categoria não está no programa da Olimpíada.  Na semifinal hoje, o brasileiro enfrentou dificuldades no início da luta, esboçou uma reação, mas acabou perdendo o primeiro round por 3 a 2. Determinado, Holyfield retomou o controle da luta na segunda parcial e foi com tudo para o último round, selando a vitória por 4 a 1.

A caminhada de Holyfield no Mundial começou acachapante: estreou com vitória por nocaute técnico diante de Fahad Al-Khoori (Emirados Árabes Unidos). Depois, nas oitavas, triunfou por5 a 0 contra o cazaque cazaque Nurkanat Raiys; e nas quartas bateu o australiano Callum Peters 4 a 3. 

Bronze de Wanderson “Shuga” de Oliveira

O médio-ligeiro carioca, de 26 ano, conquistou nesta sexta (12) o bronze, sua primeira medalha em Mundiais, após ter batido na trave nas edições de 2019 e 2021. Apesar do embate parelho na semifinal dos 71 kg, ele acabou superado pelo uzbeque Saidjamshid Jafarov por 4 a 1. No boxe, os atletas que se classificam às semis asseguram o bronze de antemão, independente do resultado da luta.

Para avançar à semi, Shuga superou três adversários: estreou com vitória dividida (4 a 3) sobre Nuradin Rustambek Uulu (Quirguistão); repetiu o placar no triunfo sobre o bielorrusso Aliaksandr Radzionau nas oitavas; e avançou às quartas de final após ganhar de  5 a 0 do georgiano Eskerkhan Madiev. 

Ciclo olímpico para Paris 2024

A pontuação no Mundial, tradicionalmente, era decisiva na corrida por uma vaga olímpica. No entanto, a Associação Internacional de Boxe (IBA), organizadora da competição, está suspensa pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), o que a impede de definir os critérios de classificação para os Jogos de Paris 2024.

De acordo com a CBboxe, a classificação para Paris 2024 ocorrerá este ano nos Jogos Pan-Americanos de Santiago (Chile), de 20 de outubro a 5 de novembro. 

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!