Esporte Vitrine

Manchester City vence e conquista sua primeira Champions League da história

10/06/2023 | 18:22 Por Redação MZ Modificado em 10, junho, 2023 6:22

Em um jogo truncado, na noite deste sábado (10), o Manchester City venceu a Inter de Milão por 1×0 e foi campeão da Liga dos Campeões pela primeira vez, garantindo a tríplice coroa.

As equipes começaram a batalha final pela taça mais cobiçada do futebol de maneira estratégica. Quando com a posse de bola, City e Inter trocaram o máximo de passes possíveis buscando o controle do jogo.

A primeira grande jogada da partida saiu dos pés de Bernardo Silva. O camisa 10 da seleção portuguesa carregou a bola e aguardou o seu marcador estar no contrapé para fazer o corte, depois ele finalizou a um palmo do ângulo esquerdo da Inter. Por pouco não inaugurou o placar em Istambul.

Após a etapa inicial o jogo ciou ‘feio’, as equipes brigaram muito pela posse de bola no meio de campo sem conseguir encontrar muitas oportunidades.

Até que aos 19 minutos, Brozovic aproveitou uma bola sobrada na entrada da área do City e bateu para o gol. O chute subiu mais do que o croata gostaria e a bola passou por cima do gol do Ederson.

Nossa segunda chance parou no peito de Onana. Kevin de Bruyne encaixou o passe para o Haaland cruzando a área da Inter. O norueguês teve sua primeira chance e meteu a pancada na bola para a defesa do nigeriano. Até ali essa tinha sido a jogada mais bonita da partida.

De Bruyne, cortou, bateu e com o desvio na defesa a bola perdeu força e foi parar nas mãos do goleiro da Inter. No lance seguinte ele caiu no chão com dor para o desespero dos Citizens. O belga foi substituído pela nossa jóia da base Phil Foden.

Chegamos ao intervalo com o placar igualado e muito a ser ajustado pelo nosso técnico catalão, Pep Guardiola. Aquele domínio soberano ao qual estamos acostumados ficou mais para um jogo bem disputado e com pouca técnica, muito provavelmente pela pressão que a partida trouxe.

As duas equipes retornaram ao gramado sem alterações e com uma atitude mais ofensiva e agressiva. Em um contra-ataque que o City ia armando, Jack Grealish foi derrubado e o juiz deu o primeiro cartão amarelo na partida.

Depois de uma bobeada do Akanji, Lautaro Martinez ficou com a sobra e entrou na área. Ederson Moraes saiu para fechar a batida do argentino e no contra-ataque Phil Foden sofreu outra falta e mais um jogador da Inter levou cartão amarelo.

Em outro contra-ataque, Bernardo Silva meteu a bola para John Stones que entrava sozinho pela direita em profundidade. O inglês cruzou com perigo, mas a bola saiu pela linha de fundo. Na cobrança a Inter afastou o perigo.

E aos 67 minutos, Rodrigo Hernandez mostrou porque é o melhor volante do mundo. Akanji enfiou a bola para Bernardo Silva na direita e ele cruzou, ela explodiu no zagueiro da Inter e sobrou na direção do espanhol, que não poupou potência na hora do chute e mandou um foguete para o fundo das redes. Saímos na frente.

Phil Foden roubou a bola no setor defensivo da Inter e avançou até ficar cara a cara com o Onana, mas na hora de bater ele não conseguiu tirar do bloqueio e acabou não marcando o que seria o segundo gol do City.

O Ederson salvou uma cabeçada do Lukaku com o joelho aos 88 minutos de jogo e no reflexo, Ruben Dias afastou para a linha de fundo.

O árbitro deu cinco minutos de acréscimo, mas não foi o suficiente para a Inter empatar e levar a partida para a prorrogação. E assim o City conquistou a Champions League e a tão sonhada tríplice coroa.

9 Comentários

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!