Política Vitrine

Juíza Gabriela Hardt pede remoção da operação da Lava Jato

26/05/2023 | 12:23 Por Redação MZ Modificado em 26, maio, 2023 12:23

A juíza Gabriela Hardt pediu remoção da operação Lava Jato. A informação foi divulgada pela GloboNews. Com o pedido, a magistrada também pode sair da 13ª Vara de Curitiba. Ela assumiu a vara como titular no último sábado (20), após o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) afastar temporariamente o juiz Eduardo Appio por possíveis transgressões disciplinares.

Em situações anteriores, Hardt já havia assumido a jurisdição durante as ausências de Sergio Moro, hoje senador pelo União Brasil, e Luiz Antônio Bonat. Os dois já conduziram a Lava Jato.

A juíza foi responsável, em uma dessas substituições, pela sentença que condenou Lula em 2019. A condenação foi de 12 anos e 11 meses de prisão no caso do sítio de Atibaia.

Hardt elogiou Moro na sentença, afirmando que o então ex-juiz sempre tomou decisões fundamentadas na condução do processo contra o petista. À época, Moro já era ministro da Justiça de Jair Bolsonaro (PL).

A condenação de Lula, porém, foi anulada pelo Supremo Tribunal Federal. A Corte entendeu que os casos não deveriam ter tramitado em Curitiba. O STF também apontou a parcialidade de Moro nas ações contra Lula.

Hardt foi responsável mais recentemente por autorizar a operação que prendeu nove membros do PCC que teriam planejado um atentado contra Moro e seus familiares. Na ocasião, a juíza substituta conduzia os casos da 9ª Vara Federal de Curitiba durante as férias da titular, Sandra Regina Soares.

Novo comentário

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!


Chat online
1
Fale com o Portal MZ!
Tudo bem?
Fique à vontade para mandar mensagem :)
Faça parte do nosso grupo do Whatsapp!!